SEM e SEO: entenda as diferenças de uma vez por todas

Marketing Digital, SEM, SEO

Dentre os conceitos de marketing digital que utilizam siglas, talvez os que mais gerem confusão de significado sejam SEM e SEO. Mas esse equívoco é natural, visto que são siglas parecidas e que estão relacionadas a estratégias de divulgação online com mecanismos de busca (Google, Bing, Yahoo etc.).

Para que você entenda de uma vez por todas qual é a diferença entre essas duas siglas, vamos explicar como o SEM e o SEO funcionam e qual é a relação entre os dois. Confira!

O que é SEM?

SEM (Search Engine Marketing) é o conjunto de práticas de marketing para mecanismos de busca, que inclui links patrocinados (pagos) e links orgânicos, que aparecem naturalmente (não são pagos).

Os links pagos também são chamados de anúncios, afinal, o anunciante paga para que o link para o seu site apareça entre os resultados de busca. Em geral, os mecanismos de busca trabalham com anúncios no sistema pay-per-click (PPC), em que os anúncios são cobrados de acordo com o número de cliques que recebem.

Muitas pessoas acham que o SEM se resume ao uso de links patrocinados, mas ele também envolve os resultados orgânicos, que são justamente o foco do SEO.

O que é SEO?

Já o SEO (Search Engine Optimization) se refere à otimização de sites para mecanismos de busca. Seu objetivo é implementar técnicas e estratégias para alcançar o melhor posicionamento possível nos resultados de busca orgânicos.

Ele se baseia tanto em práticas executadas dentro da página (On Page) e fora dela (Off Page). Os fatores On Page estão relacionados a diversos fatores, entre os quais:

Por outro lado, os fatores Off Page lidam com a divulgação do seu site em redes sociais e com maneiras para estimular outros sites a fazerem links para o seu.

Qual a relação entre SEM e SEO?

Podemos afirmar, portanto, que o SEO faz parte do SEM e que o SEM tem duas frentes: links pagos e SEO.

Devemos lembrar que os buscadores determinam a posição dos sites nos resultados orgânicos segundo a relevância deles para o usuário. Isso exige do trabalho de SEO um tempo maior de dedicação, afinal, o site da sua empresa precisa se tornar uma referência mais importante que os seus concorrentes.

Por isso, enquanto os links pagos são uma solução para atrair mais tráfego no curto ou médio prazo (depende de fatores como concorrência e orçamento), o SEO visa conseguir mais visitantes para o site com um trabalho de médio a longo prazo.

Assim, investir em uma campanha completa de SEM sempre trará melhores resultados, pois enquanto você melhora o seu posicionamento, os links patrocinados também trazem usuários para o seu site.

Porém, dependendo dos objetivos da sua empresa e dos prazos para observar resultados, investir apenas em uma estratégia de SEO também pode funcionar muito bem, com a vantagem de não ter custos proporcionais ao tráfego.

Agora que você já entende a diferença entre SEM e SEO, que tal nos contar qual dessas siglas combina mais com a estratégia de marketing digital do seu negócio? Compartilhe conosco as suas ideias sobre o assunto, deixando o seu comentário abaixo!

[mailerlite_form form_id=1]
Menu